Welcome to the first unofficial Portuguese/English fan-site for the portuguese-american actress Daniela Ruah. She is currently starring in the worldwide famous CBS tv show NCIS: Los Angeles. We have no affiliation nor do we represent Daniela in any way. This is just a work of a fan. ENJOY!
daniela_ruah_02~1.jpg
daniela_ruah_01~1.jpg
CCPT17-Daniela-Ruah-Painel_4.jpg
CCPT17-Daniela-Ruah-Painel_3.jpg
CCPT17-Daniela-Ruah-Painel_1.jpg
CCPT17-Daniela-Ruah-Painel_2.jpg
comic_con_lisboa_daniela_ruah.jpg
daniela_ruah_4~0.jpg
DanielaRuahFans Celebrating 11 Years Online



July 3, 2020   admin   Leave a Comment Advertising, Campaigns, Imprensa Portuguesa

A Academia Portuguesa de Cinema lançou uma campanha a apelar ao público para que regresse às salas de cinema e apoie a produção nacional, que vive um período difícil, face à paragem forçada do setor, devido à covid-19. O apelo está gravado num vídeo protagonizado por actores, realizadores, produtores e outros profissionais do sector.

Entre os que dizem que “nada substitui as nossas estórias, os nossos filmes, as nossas séries, estão Maria João Bastos, Daniela Ruah, Joaquim de Almeida, Nuno Lopes e Albano Jerónimo, actores; Luís Branquinho, diretor de fotografia; João Nuno Pinto, realizador; Filipe Melo, compositor; e Artur Pinheiro, diretor de arte.

Convidam ao regresso ao cinema, porque “as condições de segurança estão garantidas” e o cinema português precisa de apoio.

Vejam, abaixo, o vídeo completo da campanha:

Veja Cinema Português! from Academia Portuguesa de Cinema on Vimeo.

Os sites de entretenimento “Séries da TV” e “ComUM” publicaram as primeiras críticas da 1ª temporada da série original da RTP “A Espia”, protagonizada por Daniela Ruah, Diogo Morgado e Maria João Bastos.

Leiam os artigos completos AQUI e AQUI.

A Espia é assim, apesar das imperfeições, uma grande produção nacional merecedora de toda a atenção que está a receber. Lentamente começamos a ver uma maior aposta neste lado do entretenimento (já não era sem tempo!) e o caminho para o reconhecimento além-fronteiras a ser construído. À semelhança de Auga Seca e Vidago Palace, também A Espia merece estar no catálogo de um streamer (sem retirar qualquer mérito à RTP Play, que tem sido uma aliada preciosa nestas conquistas). Poderá esta ser a primeira série portuguesa na Netflix?

Quanto a pormenores mais técnicos, a mini-série surpreende pela excelente fotografia, cenários e guarda-roupa. É impossível ver e não ficar fascinado pelo minucioso trabalho de pesquisa e exatidão perante a época retratada. A ajuda do elenco encabeçado pelo regresso de Daniela Ruah à televisão nacional é fundamental para a boa execução do argumento original.

Uns esfumaram-se num ápice, quais devaneios próprios da infância. Outros fizeram-se projeto de vida, caso sério. Descubram, abaixo, qual era o sonho de menina de Daniela Ruah.

Daniela Ruah, atriz

Adoro desenhar e os livros de medicina do meu pai fascinavam-me pelas ilustrações anatómicas, por isso houve uma altura em que me imaginava ilustradora. Cheguei a imaginar-me a partilhar um escritório com a minha mãe como audiologista. Mas a minha paixão pela dança e a representação falou mais alto e segui estas disciplinas a todo o gás, com o apoio incondicional dos meus pais.

FONTE

Read the full interview (in spanish) HERE.

La protagonista de ‘NCIS: LA’ revela el secreto del éxito de la serie


La actriz estadounidense Daniela Ruah habló con EL TIEMPO de su trabajo en esta producción.

Cuando tienes la oportunidad de hacer un personaje por once años tienes que crecer y vivir cada episodio sin pensar qué vendrá en el siguiente

Daniela Ruah lleva 11 años como la agente Kensi Blye en la serie ‘NCIS: LA’, una producción de tono policíaco de aventuras episódicas contra el terrorismo, de la mano de los protagonistas L.L. Cool J. y Chris O’Donnell y que, desde la perspectiva de la actriz, tiene un afán de evolucionar y no quedarse en una zona de comodidad.

“En los últimos años hemos visto ese poder y esa fuerza en las mujeres, donde ellas mismas son las que solucionan sus problemas. Los tiempos han cambiado y los escritores de los episodios han entendido que deben fomentar la fortaleza y valentía y en eso, siento que vamos en buen camino con la serie”, asegura.

Y es que en esta producción, que se emite los viernes, a las 9:10 p.m. por el canal A&E, el enfoque ha estado un poco más centrado en el trabajo de Ruah, como una agente encubierta que tiene que afrontar muchos peligros.

Parece algo cotidiano en la naturaleza de esta propuesta televisiva, pero en realidad el impacto y atención en ella es notable, eso sí sin perder ese elemento de fuerza y encanto.

Leiam a entrevista completa AQUI.

Conversamos com a atriz de NCIS: Los Angeles sobre o futuro de Kensi, maternidade, trabalho e o que pode acontecer na próxima temporada. 

A formação de casais nas séries é bem comum, e manter os personagens em compasso de espera, uma das técnicas mais antigas para gerar interesse do público. Foi assim em JAG – Ases Invencíveis (1995), mas não em uma de suas derivadas, NCIS – Los Angeles, onde Kensi, interpretada por Daniela Ruah, e Deeks, papel de Eric Christian Olsen, foram em frente e se casaram na décima temporada. Desde então, o assunto filhos passou a surgir nos diálogos dos personagens.

Mas, seria viável uma personagem de ação ser também mãe? Falamos sobre isso com Daniela Ruah por telefone, direto de Los Angeles, onde a atriz cumpre a quarentena contra o coronavírus.

“É algo que tem sido muito discutido ao longo da temporada”, comenta a atriz sobre a possibilidade do casal Densi – ganhar um acrônimo é outra prova do interesse do público – ter um bebê. “Deeks está pronto para se acomodar e ter filhos e Kensi está ciente de que ela teria de, pelo menos por algum tempo, deixar o trabalho de campo e talvez dedicar-se ao trabalho interno, afastar-se do perigo e tomar conta do bebê pelos primeiros anos. É uma conversa interessante, porque nós temos mães na vida real que trabalham nas forças policiais. Nós temos mães que trabalham no corpo de bombeiros e fazem trabalhos perigosos, correm riscos, e você não quer mandar a mensagem, por exemplo, de “ah, se você se torna mãe, você não pode fazer esse trabalho”, ou de que “você não deveria fazer esse tipo de trabalho”. Há muitos pais e mães ocupando funções de risco potencial”, continua Daniela. “É uma linha muito fina. Acho que é algo que os nossos produtores e roteiristas, e até mesmo nós, temos de analisar e pensar qual seria a resposta correta.”

Leiam a entrevista completa AQUI.

Sucesso de ‘NCIS: Los Angeles’ está em humanizar dramas de personagens, diz Daniela Ruah.
Eric Olsen espera que série policial aborde a pandemia na 12ª temporada.

 
No quarto episódio da actual temporada de “NCIS: Los Angeles” (a 11ª da série), os agentes especiais federais “G” Callen (Chris O’Donnell), Sam Hanna (LL Cool J), Kensi Blye (Daniela Ruah) e o detetive Marty Deeks (Eric Christian Olsen) acostumados a derrotar criminosos, terroristas e espiões ao redor do mundo, enfrentam um desafio um pouco diferente: lidar com um potencial surto de ebola. Mal imaginavam os atores da série que meses depois da experiência ficcional iriam encarar na vida real a pandemia do novo coronavírus.⠀

Em entrevista ao F5, os atores Daniela Ruah, 36, e Eric Christian Olsen, 42, dizem acreditar que o assunto certamente será abordado na próxima temporada da produção. “Os nossos roteiristas costumam se inspirar em eventos da atualidade, e eu não ficaria surpresa se eles incorporassem o coronavírus. Afinal, mesmo a gente voltando ao trabalho, não sei se poderemos ficar muito próximo uns dos outros, e tem que ter alguma coisa para justificar isso. E inserir a pandemia faz todo o sentido. Por que iríamos ignorar?”, indagou Ruah.⠀

Olsen compartilha da mesma opinião. “Tem que ser abordado [o novo coronavírus]. O jeito como vamos interagir no mundo será diferente e obviamente isso afeta o programa”, diz.

Sucesso nos EUA, no Brasil “NCIS: Los Angeles” é a segunda série mais vista no canal A&E, atrás de “Cold Case”.⠀

Confira mais destaques no F5, o site de entretenimento do jornal brasileiro Folha de São Paulo.

Leiam a entrevista completa AQUI.

Conheça Daniela Ruah, da série ‘NCIS: Los Angeles’, que cresceu vendo novelas brasileiras

Atriz diz que Sônia Braga e Gloria Pires são inspirações para o seu trabalho

Na série norte-americana “NCIS: Los Angeles”, Daniela Ruah, 36, desvenda mistérios e luta contra bandidos e terroristas na pele da agente especial Kensi Blye. Na vida real, a atriz tem uma ligação curiosa com o Brasil: ela cresceu assistindo novelas brasileiras como “Sassaricando” (Globo, 1987-1988) e “Explode Coração” (Globo, 1996).

Na ACTIVA deste mês, Daniela Ruah é uma das quinze mulheres que contam o que mudou na sua vida desde a altura em que foram capa desta revista, e que expectativas têm em relação ao mundo a partir de agora.

Leiam a entrevista completa no link da galeria.

GALLERY LINK:

Magazine & Newspapers Scans > 2020 > Activa – Junho 2020